Friends Will Be Friends

Tive a honra de trabalhar com o Silvinho por cerca de dois anos, entre B2 e Lumen. Posso dizer que ele foi a primeira pessoa que fazia o que eu, ainda estudante, sonhava fazer. Que sorte a minha. Além do futebol, foram horas de conversas sobre música, jornalismo, e tantos outros assuntos. É impossível medir a contribuição dele na minha carreira profissional. Ético e justo como poucos que conheci, daquelas pessoas que você agradece por terem feito parte da sua vida. Fazia isso com tanta naturalidade que muito provavelmente ele nem saiba o tamanho da contribuição na minha vida. As boas coisas que eu possa vir a fazer no jornalismo, no esporte e nessa vida sempre terão uma dose dos ensinamentos de quem, lá no começo, nunca deixou de ouvir e dar conselhos ao estagiário que sentava ao lado.

Obrigado, meu amigo Silvio de Tarso (1951-2013).

Fico feliz por ter feito, na faculdade, um registro seu em vídeo, falando sobre aquilo que você sempre fez tão bem…

Anúncios